O que é um Stand ?

O que é um Stand ?

Julho 18, 2019

O que é um Stand? Para que serve,  quais os principais tipos e as 3 principais coisas que um Stand precisa fazer.

 

A palavra Stand ( em inglês) equivale a palavra Estande ( no Português) , que é um local reservado em uma feira ou exposição para empresas exibirem seus produtos e serviços a clientes e público em geral.

Se você ainda não foi a uma destas feiras ou exposições, existe um bom paralelo para te ajudar a entender isso melhor.

Os Stands são bem parecido com as lojas de um Shopping Center.

Num Shopping Center , as lojas  estão posicionadas lado a lado, a maior parte delas tem um mesmo tamanho, mas algumas são bem maiores. Todas elas estão competindo pela sua atenção, e atraindo você para se aproximar e entrar, ao mesmo tempo que deixam claro o que estão vendendo e para que tipo de consumidor.

Um stand é praticamente isso, mas montado por apenas alguns dias em num local chamado Centro de Exposições. Em São Paulo, os mais famosos são o Anhembi, ExpoCenter Norte , São Paulo Expo, no Rio de Janeiro o RioCentro, mas existem muitos outros.

Empresas especializadas em organizar essas Feiras, promovem o evento que dura de 2 a 6 dias. Cada feira é focada em um mercado ou em uma indústria. Então temos como exemplo Feira do Bebe, Feira da Construção, Feira de Maquinas e assim por diante.

Nas feiras , as empresas mostram seus produtos e serviços para milhares de clientes com alto potencial de compra.

Elas reservam seus espaços nas Feiras com o Organizador e alugam ou compram um stand para esse período. Como o espaço é bem concorrido, o valor por metros quadrado é bem alto. Por isso , as empresas tentam otimizar o espaço ao máximo reservando o menor tamanho possível para a montagem do seu Stand.

Aliás, calcular quanto espaço é necessário para um stand , para que não gaste demais, mas também não fique sem espaço para tudo o que de fato precisa mostrar, é uma arte.

Isso significa que, diferente da loja, a empresa não irá levar um estoque de produtos para vender na Feira. Ao invés disso, levará amostras dos produtos, ou colocará imagens impressas do produtos e serviços, em banners ou backdrops no stand. Isso ajudará a comunicar mais facilmente com o público que passa pelos corredores da Feira, o que aquela empresa está oferecendo e quais os seus diferenciais.

Nessa situação onde não se pode falhar, onde por poucos dias a empresa estará exposto a muitos clientes e o valor de cada decisão custa caro, a importância do Stand fica bem grande.

Como conseguir mais Público para visitar o meu Stand?

Um bom Stand precisa fazer bem 3 coisas:

1 - Capturar a atenção e o interesse de TODAS as pessoas que passam pela Feira.

2 - Comunicar clara e rapidamente o que a empresa faz e para quem ela faz.

3 - Atrair para dentro do Stand o publico-alvo que interessa para a empresa e deixar que o restante que não é o cliente da empresa siga em frente e não fique ocupando o espaço no stand.

Agora, fazer bem estas 3 coisas, é o segredo do sucesso em Feiras e Eventos e a chave para atrair mais visitantes para o seu stand.

Vamos ver um pouco mais sobre cada uma desta funções que o Stand deve realizar:

Capturar a atenção e o interesse de TODAS as pessoas que passam pela Feira.

Todo o público da Feira é seu cliente me potencial , então uma coisa que absolutamente você não quer ao ir numa feira é ser discreto. Atrair a atenção é fundamental. Estudos mostram que um stand tem de 3 a 5 segundo para capturar a atenção de quem passa pela frente do stand. Depois disso , se sua atenção não foi capturada o stand ao lado já está tentando fazer isso também. Grandes imagens, boa iluminação, ótimo Design, ambiente vibrante, irá atrair a atenção de todos e ao mesmo tempo comunicar com seu público. Mas existem alguns erros comuns que as empresas cometem. Alguns tipos de atração, apenas atraem e não comunicam. Comida exposta, modelos com roupas chamativas, brindes dados indiscriminadamente irão atrair a todos mas não chamam para o seu stand quem de fato interessa para a empresa. E fica mais difícil separar o joio do trigo se a o pessoa já entrou no seu stand.

 

Comunicar clara e rapidamente o que a empresa faz e para quem ela faz

Aqui é que começa a separação dos profissionais dos amadores. Saber usar os recursos de comunicação para ao mesmo tempo que atraem o publico que interessa para a empresa, comunica para o publico que não interessa que siga em frente e não entre no seu stand. Mas porque selecionar assim o publico?

Um bom stand deve conseguir lidar bem com o fluxo de clientes potenciais que passam pelo corredor a sua frente durante a Feira. O Organizador da Feira poderá informar quantas pessoas visitaram a feira no ano anterior. Digamos 10.000 pessoas visitando a Feira , que dura 3 dias e fica aberta das 13:00 as 22:00 hs . Estes são números bem normais para um evento assim.

Sendo assim, irão passar pela frente do Stand em média 6,17 pessoas por minuto! 

Se não fizer isso , quantas pessoas terá que ter no seu stand para atender 6 pessoas a cada minuto?

É importante perceber que precisa equilibrar quantidade com qualidade. Não interessa atender todo mundo, porque nem todos são clientes potenciais. E eliminando quem não interesse, o time de atendimento fica mais capaz de atender bem quem interessa.

 

Atrair para o Stand o publico-alvo que interessa e deixar que o restante seguir em frente.

Vários fatores, como o design do stand, o treinamento da equipe de atendimento, a arquitetura , a localização, o tipo de atração, e os recursos de marketing precisam ser combinados na medida certa, para trazer ao final o resultado de sucesso numa feira. Mas o objetivo final  de todo esse conjunto é atrais para dentro que interessa para a empresa.

As informações do time de vendas tem sobre o que interessa e importa para os clientes são usadas na criação do stand, para que ele consiga fazer esse papel de atrair quem interessa.

 

Tipos de Stand

As empresas que fazem montagem de stands, agrupam os diversos modelos em categorias ou tipos. Os tipos são  Montagem Básica, Padrão, Misto, Construído, Cenográfico e temos ainda os Stands Portáteis.

Estande Básico:  vem com as paredes , piso de carpete , luzes , mesa e cadeiras.

Estande Padrão: tudo do anterior mais alguns itens como balcões expositores, logomarca, vitrines, sala de reunião ou deposito, piso elevado.Tudo é feito com o sistema de montagem básico, com visual padrão.

Estande Misto: Usa a base do anterior e mantem o formato do padrão, personalizando com acabamentos mais nobres, com visual mais personalizado.

Estande Construído: Abandona o sistema de montagem padrão, e por isso permite um visual muito mais caprichado e de destaque. Pode-se fazer praticamente qualquer idéias dentro da limitação do espaço.

Estande Cenográfico: Usado em geral para grandes espaços, o estande é pensado quase como uma escultura arquitetônica, onde o próprio stand irá ser a principal ferramenta de comunicação da marca no evento.

Estande Portátil: Diferente de todos os anteriores, estes você compra e não aluga. A vantagem é poder usar novamente em eventos seguintes, o que geral traz uma grande economia.

Você pode saber mais sobre stands portáteis clicando aqui

Mas isso já é tema para uma próxima postagem. Então até a próxima.

Um grande abraço.

Gostou, queria fazer perguntas? Deixe seu comentário abaixo. Se quiser receber nossa newsletter, cadastre seu e-mail abaixo.

 



Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem exibidos.